27 de jan de 2012

AMOR MORTO

Nunca chorar por um amor morto, Porque o amor raramente é verdade. Ele muda de roupa,de vermelho para preto E o Preto e mais brilhante ao vermelho, O amor nasce e uma morte prematura, E a sua realidade é apenas um naufrágio. Depois, não ha sorrisos Em seu rosto completamente Pardo Para respirar o mais profundo dos suspiros. As palavras certas nos lábios sinceros Assim Será, sem dúvida, você vai morrer; E você vai estar sozinha, minha querida, Quando chegar a calmaria dos ventos. 
Nunca lamento o que não pode ser Por isso Deus dá presentes. Se este sonho pobre de amor era nosso, Então, querida, nós estaríamos no céu, Mas aqui só há campos mortos, Onde o amor verdadeiro nunca é verdade.

Um comentário:

  1. Tudo na vida pode ter como ponto de partida o desejo e decisão. Se querermos o amor pode ser verdadeiro. Na verdade a vida é feita de amor! E ainda bem que seja assim... O que ocorre normalmente é que as pessoas não estão dispostas a amar verdadeiramente. O amor não pode ser uma disputa, uma guerra ou competição... Muito menos uma jogo. O amor só é amor quando todos saem ganhando, quando isso não ocorre é porque o amor foi confundido com outro sentimento, que por sua vez não é nobre!

    ResponderExcluir